Travessia Tupinambá: a maior trilha ecológica de Nikity

Para a alegria dos trilheiros, mais uma trilha foi inaugurada em Niterói. A Travessia Tupinambá, um percurso de aproximadamente sete quilômetros que liga São Francisco a Piratininga, chegou com tudo! A caminhada, que nos possibilita observar belas paisagens de diferentes pontos de vista, sítios históricos, um córrego e toda riqueza natural que a cidade sorriso proporciona, vai se popularizando e, logo logo, vai se tornar mais um ponto certo a ser frequentado pela galera do treeking.
A trilha pode ser acessada pelos dois extremos do percurso: Parque da Cidade ou Jardim Imbuí (a partir da Rua dos Corais). A opção de começar pelo parque é a melhor, pois a parte mais íngreme do passeio é a subida por Imbuí.

Ao meu ver, a travessia pode ser considerada leve, concluímos em 2h30, com muita tranquilidade e sem grandes desafios. Por ser uma mata bem fechada também não tivemos muita exposição ao sol. Talvez a única dificuldade da trilha, no momento, é o fato dela está bem popular, ou seja, está ficando bastante cheia, mas nada que boa educação e simpatia não dê jeito.

Finalizo o post destacando que o ponto mais bonito da travessia é o Mirante da Tapera, localizado de frente para o Pão de Açúcar e de onde se tem um ângulo único para as Praias da Região Oceânica e as montanhas do Rio. Ah… também deixo aqui o link do post específico sobre o Parque da Cidade, para quem for começar o passeio por lá.

Caminhada no Parque da Cidade de Niterói

O Parque da Cidade é uma área de preservação ambiental do município (APA), localizado no alto do morro da Viração. No local existe uma fonte natural e um mirante que possibilita uma visão panorâmica das lagoas de Piratininga e Itaipu, das praias de Piratininga, Itaipu e Camboinhas, e dos bairros de São Francisco, Jurujuba, Charitas e Icaraí. Também pode ser visto a Baía de Guanabara, em toda a sua extensão, e o mar aberto, até onde a vista consegue alcançar.
10624650_697052970375839_6124812570193762904_nA caminhada tem cerca de 3.500 metros em meio à natureza e inicia-se em uma rua residencial no bairro do Maceió, mas logo as casas vão rareando e resta somente a natureza do parque. A estrada é larga o suficiente para trafegar automóveis e motocicletas, mas é muito comum o trajeto ser feito por ciclistas. O Parque é muito frequentado pelos praticantes de voo livre que encontram no local duas rampas, a sua disposição, para a prática deste esporte. Diversos visitantes também vão em busca do famoso salto de parapente.

O visitante interessado nessa tranquila caminhada deve pegar o ônibus 32, partindo do Terminal João Goulart, próximo a Estação das Barcas, e deve saltar em São Francisco, na Rua Goitacazes, e caminhar em direção ao Parque. O local fica aberto de domingo a domingo, das 09h às 18h. Em horário de verão o fechamento é às 19h. Aproveite esse lindo passeio gratuito.

Dicas
Para quem for fazer a caminhada mas não gosta de carregar alimentos em mochilas, fique tranquilo! Chegando lá no alto você irá encontrar uma cantina e um bebedouro.