A vez que o Jeca salvou o dia

Vou te falar que minha história não começa feliz…

Tínhamos acabado de chegar na cidade. Assim que chegamos começou a chover. A chuva durou o dia todo. Não cessou nem por um segundo. Já estávamos frustrados. Aí… chegou aquela hora boa: comer! Não podíamos errar no jantar e também não podíamos ir muito longe, pois sabe como é né?! A vila de Maromba (Itatiaia/RJ) fica em um local que a mistura de lama com asfalto, depois de muita chuva, fica inevitável.

Depois de muito rodar, por onde era possível, acabamos parando no restaurante com o nome mais inusitado, o Jeca Tatu. A escolha foi assim mesmo, não teve embasamento ou indicação, foi pura intuição, mas posso afirmar que a partir dessa escolha aquele primeiro dia de viagem começou a ser lembrado de uma forma mais prazerosa.

Restaurante Jeca Tatu conta com um ótimo atendimento e uma música ambiente muito animadora, ainda mais naquele tempinho frio. Sabe aquele cantinho que você vai e te faz lembrar do clima e sabor do interior? Então, lá é assim. O ambiente é leve, harmonioso e dá vontade de ficar mais. Além disso, tem a principal coisa que, na minha opinião, um restaurante deve ter: uma comida muito boa e barata!

Comemos um belo baião de dois, como pode ver na foto que está na parte inferior. Ele serve tranquilamente 3 pessoas e fica custando no máximo R$30,00 para cada, ou seja, dá pra ficar estufado comendo bem, o quê pode ser melhor?! (risos)

O local me animou tanto que no final de um dia que estava sendo chato eu já estava até acompanhando os músicos cantando uma música que eu nem conheço.

Vila de Maromba (Itatiaia)

A Vila de Maromba, que pertence ao município de Itatiaia, é um lugar com pouca estrutura comercial, porém conta com belezas naturais impactantes. A vila é famosa por três cachoeiras: o poção, o véu da noiva e o escorrega.

Poção da Maromba
airbrush_20161115152751
O poço, que tem 7 metros de profundidade, é formado por uma grande queda d´água. Uma pedra serve de trampolim natural para o mergulho na piscina, mas é preciso ficar atento à correnteza e à grande profundidade.

Cachoeira do Escorrega

whatsapp-image-2016-11-16-at-23-17-35
Escorregar no tobogã natural de 30 metros é um programa clássico na vila. O poço formado pela cachoeira é indicado para banhos, apesar da água gelada. Tenha cuidado, em dias de chuva forte, pois o local fica perigoso para escorregar.

Véu da Noiva
blog
A cachoeira tem 15 metros de queda e forma uma piscina natural, mas poucos mergulham em função da falta de sol. O acesso é fácil – apenas cem metros de caminhada por trilha.

Em relação a alimentação, em Maromba, deve ficar atento aos preços, não é um local nem caro e nem barato. O alimento mais famoso de lá é a Truta, então não deixe de provar.

Como chegar?
Fica a 212 km do Rio de Janeiro e a 304 km de São Paulo, a vila tem como seu principal acesso à rodovia Nova Dutra. Basta pegar a saída do km 311, no trevo de Penedo, e percorrer mais 40 km até Maromba. A maior parte do trecho é asfaltado, somente na vila que vira estrada de terra. De ônibus, é preciso ir para Resende e pegar o ônibus, da viação Resendense, com destino a Maromba. Fique ligado, pois são poucos ônibus e como horários bem distintos.