Beto Carreroooooooo…

Em um grupo de WhatsApp, conversando sobre promoções de passagens, surge uma brilhante ideia: – partiu Beto Carrero? E na mais pura sintonia todos respondem: – vamos!

O parque temático mais famoso do Brasil funciona das 9h às 18h e fica localizado no município de Penha, em Santa Catarina. Apesar de obter muitas atividades infantis, o ambiente agrada “gregos e troianos”, pois se trata de um universo lúdico que mistura emoções e adrenalina, algo que todos gostam independente da idade.
Foi uma viagem bem tranquila, onde tudo se encaixou perfeitamente: o tempo ajudou (apesar do frio, não choveu), as filas estavam pequenas, comemos bem (apesar dos preços exorbitantes da praça de alimentação do parque) e ainda conseguimos ver o primeiro jogo do Brasil na Copa do Mundo de 2018. Foi tudo lindo!

Apesar, de como já foi citado, ser um cenário mais infantil, destaco três atividades que me diverti muito:

1 – Tchibum: um canal de água onde os barquinhos-troncos passeiam a 15 metros de altura até despencarem a 80 km/h em um tanque de água. São duas subidas e descidas, que deixam os visitantes encharcados.

  • Nada mais divertido que ver a reação da sua namorada em um brinquedo que tem uma certa altura e você ainda se molha por inteiro.
  • Faça ele pelo final do dia, pois você fica realmente ensopado.

2 – Portal da Escuridão: Idealizado pela empresa de criações temáticas Indiana Mystery, inicialmente se chamava Castelo do Terror. Na atração, os visitantes passam por sete cenários inspirados em famosos filmes de terror, como “O Exorcista” e “O Massacre da Serra Elétrica”. A atração é paga à parte, ou seja, não está inclusa no passaporte.

  • É muito engraçado quando a pessoa que ficou com mais medo é a menos esperada. Não irei citar nomes para não constranger amigos.

3 – Fire Whip(Chicote de Fogo): Inaugurada no final de 2008 em comemoração aos 17 anos do Beto Carrero World, a Fire Whip, a primeira montanha-russa invertida do Brasil, tem 40 metros de altura, cinco inversões, 700 metros de extensão e atinge uma velocidade de quase 100 km/h. Com uma capacidade de atendimento de até 1.100 passageiros por hora, proporciona um sobrevoo por lagos e cachoeiras, em área cenográfica construída especialmente para a montanha-russa. Seu nome é uma homenagem ao icônico chicote do cowboy Beto Carrero. O custo total da montanha russa chegou à R$ 15 milhões.

  • O brinquedo mais épico do parque. Para quem gosta de se aventurar essa é a atividade certa. Sem dúvidas foi a minha atração preferida de toda a viagem.

Foi uma viagem realizada em um fim de semana. Fácil, prática e inesquecível.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s